Educação

Matrícula Escolar Estadual RN

Publicado em

O estado do Rio Grande do Norte proporciona aos estudantes uma educação de qualidade em suas escolas estaduais. Mas para que os mesmos possam usufruir dessa educação será necessário fazer a matrícula escolar estadual RN 2022. Os procedimentos são simples, porém o aluno deve estar de acordo com os requisitos para participar da matrícula escolar estadual RN 2022. Entenda!

Matrícula escolar estadual RN

Estudar nas escolas estaduais do estado do Rio Grande do Norte é o desejo de muitos pais e alunos. Isso, porque as escolas possuem ensino de alta qualidade e exige dos seus alunos qualidade de aprendizagem.

Mas aqueles que desejarem ingressar em uma escola estadual da região precisa estar de acordo com os requisitos. Só então, será possível fazer a reserva da matrícula fácil 2022. As escolas são bem disputadas entre pais e alunos, por isso as vagas apesar de muitas ainda não são suficientes para todos.

Para garantir a sua vaga fique atento á todas as informações referente a Matrícula Sigeduc RN 2022, e assim compareça nos locais necessários na data prevista. Caso contrário, você poderá perder a sua vaga.

Calendário da matrícula escolar estadual RN 2022

Estar ciente das datas de cada processo para conquistar a vaga na escola desejada é crucial. É através do calendário da matrícula escolar estadual RN 2022 que você estará ciente de todos os detalhes.

  • Entre as dias 06/11 á 30/11 será feita a matrícula através do portal oficial da secretaria de educação e cultura do Rio Grande do Norte. Essas vagas serão destinadas para estudantes NEE principiantes;
  • Nas datas 06/11 e 30/11 acontecerá o processo de solicitação de vagas – Essas vagas estarão destinadas para novos estudantes do ensino médio integral;
  • Na data 12/12 será divulgada as informações sobre as vagas para o Ensino Médio Integral;
  • Entre os dias 31/01/2022 e 14/02/2022 acontecerá o processo de solicitação de vagas, para alunos que estão na condição de remanescente;
  • No dia 25/01/2022 será divulgada oficialmente as informações sobre as vagas concedidas através das transferências.

Inscrição matrícula escolar estadual RN 2022

O primeiro procedimento para conquistar a vaga desejada na escola estadual do estado do Rio Grande do Norte, é a inscrição fácil matrícula escolar estadual RN 2022. O portal da secretaria e educação fornece a opção para a inscrição online.

Tudo foi criado para facilitar a vida de pais e responsáveis que é uma correria, com trabalho e rotina. Com apenas alguns cliques, garanta sua vaga e faça a pré-matrícula, veja como funciona:

  • Acesse o portal oficial da secretaria e educação, clique aqui;
  • Clique na opção chamada “Novos Estudantes”;
  • Em seguida, escolha a opção de acordo com sua preferência;
  • Preencha os campos corretamente, forneça informações verdadeiras;
  • E para finalizar, envie todo o relatório.

Essa opção foi criada para agilizar todo o processo, o que antes levava horas e filas cansativas poderá ser feito com alguns cliques. Assim, oferecendo um serviço com praticidade, que poderá ser feito no conforto da sua casa.

Documentação matrícula escolar estadual RN

Para fazer o procedimento de efetivação de matrícula presencialmente na escola desejada, será necessário levar consigo a seguinte documentação matrícula escolar estadual RN:

  • RG – Caso tenha;
  • CPF – Se a pessoa tiver;
  • RG e CPF do pai ou responsável;
  • Certidão de Nascimento do aluno;
  • Comprovante de residência;
  • 2 fotos 3×4, precisa ser o mais recente possível;
  • Histórico escolar, da escola que o mesmo frequentava e o mesmo deverá estar assinado pela secretária.

Após a verificação da documentação, a vaga será sua definitivamente. Boa sorte!

Telefone da Secretaria de Educação do RN

Em casos de dúvidas, você poderá contatar a Secretaria de Educação do RN através dos fones. Porque, a equipe da mesma terá o maior prazer em te ajudar.

  • Telefone: (84) 3232-1897 ou (84) 3232-1316.
Benefícios

Calendário do PIS: Confira as datas atualizadas

Publicado em

Calendário do PIS 2022 – 2022 foi o ano de mudança em todos os aspectos, principalmente nos benefícios sociais e no salário do trabalhador. Houve um aumento no piso salarial que agradou a todos os trabalhadores de carteira assinada, antes era um valor equivalente à R$ 788,00 hoje, após a mudança o salário mínimo de 2022 passou a ser R$ 880,00.

Para os benefícios, o aumento do salário também acarretou na mudança dos valores a serem pagos, um exemplo que agradou a muita gente foi o reajuste de 11,28% do seguro desemprego.

Para algumas pessoas que recebem o PIS não poderá comemorar tanto, pois o pagamento do programa agora será pelo tempo trabalhado, não mais como antes que bastava que o trabalhador estivesse pelo menos 30 dias de carteira assinada no ano-base e na data de pagamento recebia um salário mínimo sem descontos. Confira neste artigo tudo sobre o Calendário do PIS 2022.

Quem tem direito ao PIS

Com base no calendário PIS os cidadãos receberão nas respectivas datas presente no mesmo, porém, para isso é necessário que alguns requisitos sejam cumprindo. Esse protocolo de enquadramento do cidadão é para filtrar quem realmente necessita dessa ajuda anual.

Ainda em 2015 foi anunciado que haveria mudanças no PIS 2022, estas mudanças foram oriundas da crise econômica em que o Brasil começou a passar desde final de 2014, mas depois de muita discussão o texto da Medida Provisória onde alterariam as regras, foi aprovado com apenas uma mudança. O PIS será pago de forma proporcional ao tempo trabalhado.

Veja a seguir quem pode receber o PIS 2022

  • Ter pelo menos cinco anos de cadastro no programa;
  • Ter recebido no máximo dois salários mínimos;
  • Ter a RAIS enviada dentro do prazo;
  • Ter trabalhado por pelo menos 30 dias no ano base;
  • O pagamento será proporcional, ou seja, quanto mais trabalhar no ano-base, maior será o valor a receber no PIS 2022;

Prazo de entrega da RAIS 2022

O prazo de entrega da RAIS é de 19 de janeiro a 18 de março.
Muitas pessoas deixam de receber o PIS por conta do envio atrasado da RAIS ou até mesmo pela falta do envio ou dados incorretos no ato do preenchimento dos formulários.

Entenda o que é a RAIS:

A RAIS nada mais é que “Relação Anual De Informações Sociais”, a mesma serve para informar a sua vida trabalhista ao Governo, dando informações referentes a estatísticas salariais e muito mais. Sem o envio da RAIS o cidadão não poderá receber o PIS, pois sem ela será impossível saber se o trabalhador deve ou não receber o benefício, se o seu salário é superior a dois salários mínimos e outras informações privadas que o Governo aproveita para fazer várias análises.

Calendário do PIS 2022

Desde o ano de 2015, o calendário do PIS 2022 já era esperado por muitos trabalhadores. Algumas pessoas tiveram dúvidas, pois o calendário de 2015 sofreu algumas alterações que acabaram deixando os pagamentos das pessoas que nasceram entre Janeiro a Junho para serem pagos em 2022.

Por essas alterações, algumas pessoas ficaram com dúvidas referentes ao calendário do PIS 2022, como seria pago os valores do ano-base 2015, se juntaria os dois pagamentos. Infelizmente as datas de pagamento do PIS 2022 continuam bem parecidas com as do calendário anterior. Veja abaixo o calendário de pagamento do abono salarial 2022-2022 atualizado.

Qualquer dúvida sobre o pagamento do abono salarial e o calendário do PIS 2022/2022 deixa aqui nos comentários.

NASCIDOS EM RECEBEM A PARTIR DE RECEBEM ATÉ
JULHO 28 / 07 / 2022 30 / 06 / 2022
AGOSTO 18 / 08 / 2022 30 / 06 / 2022
SETEMBRO 15 / 09 / 2022 30 / 06 / 2022
OUTUBRO 14 / 10 / 2022 30 / 06 / 2022
NOVEMBRO 21 / 11 / 2022 30 / 06 / 2022
DEZEMBRO 15 / 12 / 2022 30 / 06 / 2022
JANEIRO 19 / 01 / 2022 30 / 06 / 2022
FEVEREIRO
MARÇO 16 / 02 / 2022 30 / 06 / 2022
ABRIL
MAIO 16 / 03 / 2022 30 / 06 / 2022
JUNHO

 

Benefícios

Como fazer o cartão cidadão

Publicado em

Nos últimos anos o Governo Federal instituiu uma série de programas assistenciais para a população brasileira que beneficia milhões de brasileiros através da distribuição de renda e de benefícios sociais direcionados para as camadas mais humildes do povo. Para acompanhar essa evolução, foi criada uma série de mecanismos para facilitar o acesso da população a esses benefícios, seja para saque e consulta, e uma das ferramentas mais importantes para esse fim é o cartão cidadão. Qualquer cidadão brasileiro pode solicitar o cartão cidadão, e com ele, o cidadão pode consultar a maioria dos benefícios sociais, além de realizar saques em postos autorizados da Caixa Econômica Federal.

Ainda existem, porém, dúvidas da população de como fazer o cartão, onde solicitar, quem tem direito e o que é necessário para fazer o cartão, por isso preparamos um guia prático e rápido de como solicitar o seu cartão, e o que você tem direito de solicitar com o seu cartão em mãos.

Para que serve o cartão cidadão

Esse documento é emitido pela Caixa Econômica Federal e pode ser solicitado por qualquer brasileiro. Com o cartão cidadão, você pode consultar pela internet ou em qualquer agência ou posto credenciado de atendimento da Caixa Econômica o saldo da maioria dos benefícios sociais oferecidos ao cidadão brasileiro. Entre outras coisas, você pode com ele:

  • Consultar as datas de pagamento do bolsa família e realizar os saques do benefício, ou seja, ele pode substituir o Cartão Bolsa Família;
  • Sacar as parcelas do Seguro desemprego – para o saque desse benefício, o cartão é obrigatório, por isso, após solicitar o seguro, providencie imediatamente o seu cartão;
  • Fazer a consulta do valor e datas de pagamento do calendário do PIS, que estipula as datas do abono salarial do trabalhador brasileiro;
  • Fazer consultas e saques do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço – FGTS, de acordo com as diretrizes aplicáveis para o benefício;
  • Entre outros.

Como fazer o documento

O cartão cidadão deve ser solicitado em agências da Caixa ou pelo telefone 0800-726-0101. O cidadão que desejar solicitar o cartão precisa ter em mãos algum documento de identificação válido com foto, como a Carteira de Identidade, Carteira de Trabalho, documento de habilitação ou certidão de nascimento, e também precisa estar cadastrado no PIS/PASEP – que garantem que o cidadão tenha cadastrado um número de inscrição social (NIS).

Após solicitado, o cartão pode ser retirado na agência da Caixa, e para usar ele, você precisará desbloquear e cadastrar uma senha para o cartão. Isso pode ser feito no atendimento do banco no ato da retirada do cartão, mas é necessário que você crie uma senha, por isso esteja preparado para memorizar o número.

O cartão também dá direito a consultas pela internet dos benefícios sociais, mas é necessário que o usuário crie uma senha para a consulta online, que é diferente da senha usada pelo cartão nos bancos, postos de atendimento e lotéricas.

Leia a seguir: Como a tecnologia pode contribuir para a redução da burocracia no Brasil

política

Deduções do Imposto de Renda vão acabar? Entenda proposta do governo

Publicado em

A próxima medida oficial do governo Bolsonaro é a Reforma Tributária, que atinge principalmente o funcionamento da cobrança anual do Imposto de Renda.

O texto da Reforma Tributária deve ser divulgado nas próximas semanas. Enquanto isso, os pronunciamentos dos representantes da economia brasileira já têm mostrado o que está por vir. Na última semana o Ministro da Economia, Paulo Guedes, se posicionou a favor do fim das deduções por despesas médicas.

As dúvidas sobre essa nova regra geraram questionamentos em todo o país. O secretário da Receita Federal, Marcos Cintra, amenizou o ocorrido nessa segunda-feira (12). De acordo com Cintra, as deduções médicas serão mantidas, mas vai haver um teto sobre elas.

O governo diz que as indicações de gastos com a saúde favorecem os mais ricos, já que as pessoas em condição de pobreza recorrem ao Sistema Único de Saúde (SUS), e não têm gastos com consultas particulares.

No Imposto de Renda (IR) a dedução é o ato de informar todos os gastos anuais com as despesas individuais e dos dependentes. Seja com médico, plano de saúde, escola, aluguel, funcionários domésticos e etc.

Conforme indica quais foram seus gastos, o contribuinte recebe desconto no pagamento do imposto. Recebendo nos lotes da restituição, um valor que simboliza o troco do que foi pago anteriormente.

Eliminar as deduções aumentaria o valor do imposto, refletindo nos brasileiros de classe média. Por conta disso, as novas regras poderão alterar esse processo, mas dificilmente vão extinguir.

Um dos pilares da reforma é modificar a alíquota IR 2022, esse ponto também foi falado por Marcos Cintra. Embora o presidente tenha persistido no assunto, o secretário da Receita acredita que a proposta deve ser bem estudada.

Bolsonaro defendeu em outra ocasião, a redução da alíquota máxima de cobrança do imposto. De 27,5% para 25%, e a isenção do pagamento para os trabalhadores que recebem até 5 salários mínimos.

Notícias

Calendário PIS 2022: Datas de Liberação, Consulta e Tabela

Publicado em

Se você é um trabalhador brasileiro com registro em carteira ou já foi registrado em algum período do ano anterior, você deve ficar atento ao calendário PIS 2022. Por meio desse calendário é possível saber o período exato para você receber o seu benefício. Veja a seguir mais detalhes sobre o calendário PIS 2022.

>Saiba mais sobre o PIS

Antes de você ver o calendário PIS 2022, vamos saber um pouco mais sobre o PIS. O PIS é o Programa de Integração Social, ou seja, ele é um benefício anual que ajuda todos os trabalhadores registrados do país.

Ele é como um salário a mais no ano, ou como o 14º salário. Muitos trabalhadores utilizam esse dinheiro extra, para quitar dívidas, comprar aquele objeto desejado ou fazer uma viagem dos sonhos.

Para você ter direito a esse benefício é preciso ter um cadastro feito dentro do Fundo PIS/PASEP. Assim que feito esse cadastro, o cidadão recebe o cartão do PIS.

Requisitos para receber o PIS 2022

Para que você tenha direito ao PIS e possuir acesso as datas do calendário do PIS 2022, você precisa estar dentro dos requisitos do programa.

Veja a seguir quais requisitos são esses:

  • O benefício é dado para os trabalhadores que já estão com cadastro ATIVO no PIS a mais de 5 anos de inscrição;
  • O trabalhador deve receber no máximo 2 salários mínimos ao mês;
  • É necessário ter trabalhado efetivamente com o mínimo de 30 dias consecutivos no ano-base constatados na carteira de trabalho;
  • É importante informar todos os seus dados e a RAIS (Relação Anual de Informações Sociais) para efetivação do saque daquele ano.

Quando sacar o PIS 2022

Agora que você já sabe o que é o PIS e verificou que você tem direito em receber o benefício, chegou a hora de conhecer o calendário PIS 2022.

O calendário é onde você encontra a data exata que você pode sacar o seu benefício. Você vai encontrar a sua data por meio do mês em que você nasceu.

O seu mês de nascimento vai estar relacionado com a data exata para o recebimento. Veja a seguir as datas e a tabela com todas as informações importantes.

Datas de liberação do PIS 2022

Como já mencionado anteriormente, as datas de liberação do calendário PIS, são baseadas sempre no mês de nascimento de cada trabalhador.

Por exemplo, de acordo com o último calendário disponível, os trabalhadores que nasceram em Janeiro vão receber o seu abono salarial, no meio do mês de Janeiro. Quem nasceu em Fevereiro vai receber o seu PIS no mês de Janeiro.

As datas de liberação acontecem a cada 2 meses. Já quem nasceu em Março vai receber em Fevereiro e assim por diante. Apenas após a data de liberação é que será possível fazer o saque do PIS.

Calendário PIS 2022

Para saber quando você vai receber o seu PIS, de acordo com o calendário PIS 2022, veja a tabela a seguir e encontre a sua data.

Mês de Nascimento ​Recebem a partir de ​Crédito em conta
​Julho ​26/07 ​​24/07
​Agosto ​16/08 ​​14/08
​Setembro ​13/09 ​​11/09
​Outubro ​18/10 ​​16/10
​Novembro ​20/11 ​13/11
​Dezembro ​13/12 ​​11/12
​Janeiro ​​17/0​1 15/01
​Fevereiro ​​17/0​1 15/01
​Março ​​21/02 ​​19/02
​Abril ​​21/02 ​​19/02
​Maio ​​14/03 12/03
Junho ​​14/03 12/03

Consultar o calendário PIS 2022

Se você não sabe se tem algum valor para receber, você pode fazer a consulta do PIS. A consulta é feita de forma rápida por meio da internet mesmo.

Veja como fazer;

  • Acesse o site oficial da Caixa Econômica, clicando aqui;
  • Digite o número do PIS;
  • Selecione a opção de segurança e depois clique ‘Cadastrar senha’;
  • Clique em ‘Aceitar’;
  • Digite a senha do seu cartão e a senha que escolheu;
  • Clique em ‘Confirmar’.

Pronto, agora é só fazer a sua consulta. Lembrando que vamos estar sempre atualizando as informações sobre o calendário PIS 2022.

Tecnologia

Frete das compras online: Aprenda a calcular

Publicado em

Pra mim a pior coisa de se comprar pela internet é ter que esperar a entrega. Quando a compra é de um site brasileiro, até que a espera nem é tão cruel. Mas quando vem do exterior… o jeito é sentar e esperar, às vezes muito. E, eventualmente, se aborrecer no processo.

Quando fiz minha primeira compra no Think Geek, fiquei passada com os valores cobrados pela Rede Sul, porque além do frete que pagamos na hora de fechar o pedido tem o imposto (ok, isso é culpa do governo brasileiro e não da empresa que está trazendo os produtos pra gente) e tem mais umas taxas de serviço que a Rede Sul cobra.

Eu não conseguia entender que diabo de taxas eram essas se eu já havia pago pelo frete no site! Mas com o tempo acabei me resignando: se o jeito de ter as coisas em casa era pagar, paciência. Pelo menos chega bastante rápido e mesmo com a cobrança do imposto elem entregam em casa, mediante o pagamento das taxas todas à vista em dinheiro ou cheque (na verdade, isso depende do valor da taxa: se for menos de R$50,00 eles mandam um boleto que pode ser quitado no banco, pena que seja só abaixo de R$50).

Como na maioria das vezes que o rastreio Rede Sul chega para entregar eu não estou em casa e não posso deixar dinheiro com o porteiro, então eu tenho que fazer a retirada no escritório deles, que coincidentemente é no caminho da minha casa pro trabalho e tem estacionamento na porta. Perfeito.

Uma realidade totalmente diferente acontece quando dependemos dos Correios… aí é sentar e esperar. Nem pense em entrar em contato com eles, porque pra conseguir arrancar uma informação é um parto de elefante! E quando dão resposta, quem disse que a informação procede? Já me disseram pela manhã que itens encomendados estavam presos na Receita Federal e que eu teria que esperar mais X dias úteis e à noite a caixa estava na minha portaria. É deste nível.

Recentemente eles me aprontaram outra: recebi um aviso de que eu deveria me dirigir à agência Y para retirar minha encomenda, mediante o pagamento de uma taxa de R$127,76, “somente em dinheiro (espécie)”. Eu estava com R$150 na carteira, o que seria mais que suficiente para pagar a taxa… se a pessoa que escreveu o valor da taxa no documento tivesse escrito o valor certo!

Porque depois de me perder procurando a agência (seria difícil entrar em contato com o cliente e enviar para uma agência da conveniência da pessoa????), pegar chuva e fila e perder hora de trabalho para isso, fui informada pela atendente que a taxa na verdade era de R$257,50! Lembro o que eles haviam escrito no documento: “somente em dinheiro (espécie)”!

Como eu infelizmente não tenho o hábito de andar com tanto dinheiro na bolsa, tive que encarar a chuva, andar até uma agência bancária (felizmente tinha uma do meu banco perto), sacar o restante do dinheiro e encarar a chuva de volta para poder finalmente retirar a minha caixa. Ao questionar a gerente da agência, ela informou que não poderia fazer nada, que não seria ela a pagar a diferença de mais de cem reais entre o valor informado pelo funcionário dela e o valor real cobrado pela Receita, mas que eu não me preocupasse porque o Fulano já tinha levado uma bronca…

É, parabéns aos Correios pelo excelente serviço prestado!!! Parafraseando um antigo comercial de televisão: Rede Sul é um pouco mais caro, mas é muito melhor! Agora quando tiver opção eu não vou nem fazer a conta das taxas, vou direto de Rede Sul! A qualidade no atendimento vale a diferença!

política

Faça você mesmo o cálculo do Imposto Veicular

Publicado em

A tabela IPVA 2022 é usada para base de cálculo do Imposto que todos os proprietários de veículos devem pagar anualmente. Se você chegou até aqui, provavelmente é um desses proprietários e quer conhecer a tabela IPVA 2022 para saber quanto vai desembolsar no próximo ano. Leia atentamente esse post até o final para saber tudo a respeito.

A sigla IPVA significa Imposto Sobre a Propriedade de Veículos Automotores, ou seja, é um imposto que incide sobre os veículos automotores como carros, motocicletas, ônibus, caminhões e outros similares. Todos os proprietários de veículos devem pagar esse imposto anualmente.

O IPVA São Paulo é um imposto pago no início de todo ano. Esse pagamento pode ser realizado à vista (com desconto) ou então em parcelas, sendo que o desconto para pagamentos à vista e o número de parcelas variam de acordo com o estado.

Fatores de Cálculo

Para fazer o cálculo do IPVA de seu veículo, você precisa de 2 fatores:

  • Valor venal do veículo
  • Porcentagem de imposto (essa, por sua vez, é determinada por cada estado)

É justamente para consultar a porcentagem de imposto determinada por cada estado que serve a tabela IPVA 2022. Como o IPVA é um imposto estadual, o valor é diferente de um estado para outro.

O IPVA é pago ao estado no qual reside o proprietário do veículo e o valor é dividido entre o próprio estado, o município no qual o veículo está registrado e o FUNDEB (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação).

Como Fazer o Cálculo

Como acabamos de dizer, para fazer o cálculo do valor do IPVA SP 2022, você precisa de apenas 2 fatores: o valor venal do veículo e a porcentagem de imposto. Veja, a seguir, como consultar esses valores.

Valor venal do veículo

Para saber o valor venal do seu veículo, você deve consultar a tabela FIPE. Essa é uma tabela que foi criada pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas e através dela você descobre o valor médio dos veículos em todo o território nacional.

A tabela FIPE, além de servir para cálculo do IPVA, serve também como parâmetro para negociações e avaliação de preços.

Clique aqui para consultar a tabela FIPE.

Porcentagem de imposto

A porcentagem de imposto pode ser consultada na tabela IPVA 2022. No próximo tópico, mostraremos como você pode consultar essa tabela.

Simulação

Com os dois fatores de cálculo em mãos, vamos fazer uma simulação.

Suponha que você tem um veículo de passeio a gasolina no valor de R$ 32.890,00. A atual alíquota para essa categoria de veículos no estado de São Paulo é de 4%

Veja como é feito o cálculo:

  • Cálculo: 32.890 x 0,04 = R$ 1.315,60
  • Assim, R$ 1.315,60 será o valor pago de IPVA.

Para não errar no cálculo do IPVA, você deve encontrar a tabela IPVA 2022 atualizada. Você deve buscar essa informação no órgão responsável (Detran) de seu estado.

Não mostraremos nenhuma tabela aqui pois cada estado tem sua tabela, mas o processo é bastante simples, basta você acessar o site do Detran de seu estado e você a encontrará.

Notícias

45,2 milhões de pessoas foram aprovadas para receber o ‘Coronavoucher’

Publicado em

A pandemia do coronavírus evidenciou diversos problemas sociais, como o desemprego e a pobreza no país. O Brasil já se encontrava em um cenário preocupante para esses dois aspectos, como indicam os índices de desemprego entre janeiro e fevereiro, mas a pandemia intensificou esse número, obrigando o Governo criar medidas de assistência para esse público.

Assim, os brasileiros passaram até acesso ao Coronavoucher. Quer entender como funciona esse benefício? Confira as informações a seguir e fique por dentro do assunto:

O que é o Coronavoucher?

O Coronavoucher é, na verdade, chamado de Bolsa Família, um benefício que proporciona um suporte financeiro para alguns brasileiros que ficaram sem poder conquistar sua renda mental devido ao isolamento social.

Quem está dentro da categoria de recebimento do auxílio, terá acesso a três parcelas do Bolsa Famíliaque podem variar no valor dependendo da situação familiar de cada um.

O valor previsto é de R$600 por mês, ou seja, o suporte integral será de R$1.800. Entretanto, para mulheres solteiras que são chefes de família, o auxílio previsto por mês é equivalente a R$1.200, ou seja, um total de R$3.600.

A medida atua junto com outras propostas para garantir que as necessidades básicas das famílias brasileiras que foram prejudicadas pela quarentena sejam atendidas.

Quem pode receber?

O Bolsa Família 2022 é uma proposta que pretende ajudar milhões de brasileiros. De acordo com dados lançados pelo Governo, mais de 45 milhões de pessoas foram aprovadas e estarão recebendo o benefício em breve.

Mas é preciso enfatizar que esse público está dentro da categoria de recebimento do auxílio. Poderá ser incluído na lista de recebedores do Coronavoucher, os brasileiros maiores de 18 anos que estejam desempregados ou que se encontrem em situações de:

  • Microempreendedores individuais (MEI);
  • Contribuinte individual da Previdência Social;
  • Trabalhador Informal.

Vale lembrar que além de precisar estar dentro de uma dessas categorias, o cidadão também precisa possuir uma renda mensal equivalente a 522,50 por pessoa, ou renda total equivalente a até 3 salários mínimos.

Como se cadastrar?

Como existem muitas pessoas solicitando o recurso do Bolsa Família, é possível que você se depare com situações como erro no cadastro do Bolsa FamíliaMas no geral, se cadastrar no benefício é muito simples.

Você pode realizar o cadastro baixando o aplicativo Bolsa Família no Play Store ou no Apple Store. Também é possível realizar o cadastro através do site do Bolsa Família em qualquer browser.

Você deve clicar em se cadastrar, fornecer informações pessoais como nome completo e número de CPF, para então, responder a algumas perguntas sobre o requerimento do benefício.

Envie o seu cadastro para concluir o pedido. O recurso leva algum tempo para ser avaliado e o prazo é de 5 a 7 dias, mas devido ao número alto de recursos enviados pode ser que demore um pouco mais em análise.

Uncategorized

Bolsa Família – Onde fazer o Cadastro do Bolsa Família

Publicado em

O Programa Bolsa Família 2022 é um benefício que visa ajudar as famílias de baixa renda. Ele é pago através da transferência direta, por meio de um cartão que é fornecido ao beneficiário. Por isso é importante estar atento a quem tem direito ao benefício atualmente.

Por isso essa página será dedicada a explicar coisas simples sobre o benefício neste ano. Então navegue por todos os nossos conteúdos e veja informações importantes sobre esse benefício que ajuda muitas pessoas em nosso país.

Também aproveite a oportunidade para compartilhar essas informações com seus amigos e familiares. Afinal, assim, mais pessoas podem saber sobre os benefícios e ter conhecimento dos seus direitos.

Quem tem direito ao Bolsa Família em 2022?

As famílias quem têm direito ao Bolsa Família em 2022 são aquelas que estão em situação de pobreza ou extrema pobreza. Ou seja, são aquelas famílias que passam por dificuldade financeira.

Por isso é um erro dizer que o benefício é para ‘vagabundos”. Muito pelo contrário, o benefício é para auxiliar àquelas famílias que estão lutando para sobreviver, mas que, apesar da luta, não conseguem suprir suas necessidades básicas e necessitam desse auxílio governamental para conseguir se sustentar.

Tem isso em vista, veja abaixo quais famílias podem receber o benefício:

  • Famílias em situação de extrema pobreza: são famílias com renda per capita de R$0,00 a R$ 89,00. Nesse caso todas recebem, mesmo se for homem. Não é necessário possuir menor de idade ou gestante no domicílio.
  • Famílias em situação de pobreza: são famílias com renda per capita de R$ 89,01 a R$ 178,00. Nesse caso uma família somente receberá se possuir gestante ou menor de idade na casa.

Por isso deve-se estar muito atento a esses critérios do Bolsa Família 2022. Afinal somente as famílias que se enquadrarem dentro dos critérios acima poderão receber o benefício do Governo Federal.

Estando dentro dos critérios do Calendário Bolsa Família 2022, descritos no tópico mais acima, é hora de fazer o cadastro. Aqui existem várias informações que são importantes para a inscrição. Por isso esse tópico será dividido em três partes: onde fazer, como fazer e documentos necessários.

Acredito que, assim, ficará de mais fácil entendimento. Vamos, então, aos três tópicos:

Onde fazer o Cadastro do Bolsa Família 2022?

Para ter acesso a benefício a família precisa fazer o Cadastro Único do Governo Federal.

Esse cadastro é de responsabilidade da prefeitura, logo é ela que decide onde será feito o mesmo. Sendo assim, o local pode variar de acordo com os critérios municipais.

Mas, normalmente, o cadastro é feito nos seguintes locais:

  • CRAS – Centro de Referência de Assistência Social
  • CREAS – Centro de Referência Especializado de Assistência Social
  • Secretaria Municipal de Assistência Social (pode mudar o nome de acordo com o município)
  • Gestão Municipal do Cadastro Único (alguns municípios possuem sede própria do programa)
  • Câmara itinerante (viagens da Câmara Municipal para atender melhor os cidadãos que moram mais afastados da região central do município)

É impossível dizer ao certo qual o órgão responsável em todas as cidades do país. Porque cada município cria suas próprias regras de atendimento.

Mas é certo dizer que em todos os municípios há (ou deveria haver) pessoas responsáveis pelo cadastro.

Como fazer o Cadastro do Bolsa Família 2022?

Já dissemos onde fazer o cadastro no benefício mais acima. Agora, então, vamos falar um pouco sobre como fazer o cadastro em si.

Para fazer o cadastro deve procurar a gestão municipal e se informar sobre como proceder em seu município porque cada município atua de uma maneira diferente. Mas, normalmente, o procedimento adotado é o abaixo:

  • Reúna a documentação de todos que moram na casa
  • Procure o local de atendimento mais próximo na data e horário propício
  • Responda às perguntas do Cadastro Único sobre a casa e sobre os integrantes da família
  • Assine o cadastro e receba o comprovante de cadastramento

Em alguns municípios é necessário fazer o agendamento antes de fazer a inscrição. Por isso é importante buscar informações sobre como é o funcionamento do programa em seu município.

As perguntas do Cadastro Único são sobre informações como: características do domicílio, despesas familiares, identificação dos integrantes familiares, escolaridade e renda de cada uma das pessoas. Então é importante que a pessoa que for fazer o cadastro tenha real conhecimento da família.

Além disso, para fazer o cadastro é necessário que a pessoa que se autodeclara Responsável Familiar tenha, no mínimo, 16 anos. Ou seja, a pessoa que for fazer o cadastro deve ter idade para votar.

Quais os Documentos necessários?

Os documentos obrigatórios são: CPF ou Título de Eleitor do Responsável Familiar e um outro documento oficial de cada um dos outros moradores da casa. Famílias indígenas podem usar como identificação o Registro Administrativo de Nascimento de Indígena – RANI.

Porém a gestão municipal pode solicitar outros documentos. Os documentos que comumente são solicitados são:

  • CPF
  • Título de Eleitor
  • Carteira de Identidade
  • Carteira de Trabalho
  • RANI
  • Comprovante de Residência
  • Certidão de Nascimento
  • Certidão de Casamento
  • Contracheque ou Holerite
  • Declaração Escolar
  • Extrato do INSS no caso de aposentados e pensionistas
  • Entre outros

Provavelmente a gestão municipal não irá pedir obrigatoriedade de todos eles. Mas é importante tê-los em mãos se solicitados na hora do cadastramento.

Quanto tempo demora para receber?

Não existe prazo mínimo para o recebimento do benefício. Mas, normalmente, demora em torno de três meses para se ter uma resposta a respeito dessa informação.

É possível ver se seu nome está na lista de pagamentos todos os meses.  Há várias formas de se fazer isso, dentre elas destacam-se duas: Gestão Municipal e Consulta Pública do Bolsa Família online.

As duas possuem vantagens e desvantagens, veja abaixo elas:

  • Gestão Municipal: verá se o nome de um beneficiário está na lista de pagamento e dará maiores informações sobre o cadastro e sobre outros possíveis benefícios aos quais a família teria direito. Porém é preciso ir até o local ou ligar e enfrentar filas.
  • Consulta Pública do Bolsa Família: pode ser feita no conforto de casa, pela internet. Porém não há nenhuma explicação e a pessoa deverá procurar a Gestão Municipal se possuir dúvidas.

O ideal é que busque informações na hora de fazer o cadastramento no seu município. Por isso não deixe de pegar o número de telefone deles para tirar todas as suas dúvidas acerca do seu cadastro.

Calendário do Bolsa Família 2022

A Caixa Econômica Federal é a responsável por fazer o pagamento do benefício. Por isso todo ano a organização divulga uma tabela com a data de pagamento dos benefícios baseando-se no final do NIS dos beneficiários do programa.

Abaixo poderá ver o Calendário Bolsa Família 2022:

Espero que com essas informações tenha esclarecido suas dúvidas sobre o programa. Caso ainda possua dúvidas, nos deixe um comentário mais abaixo sobre o Programa Bolsa Família 2022 que responderemos o mais rápido possível.

Tecnologia

Como a tecnologia pode contribuir para a redução da burocracia no Brasil

Publicado em

A tecnologia é um recurso muito importante que proporciona facilidades e melhorias em todos os aspectos das nossas vidas.

O Brasil é um dos países mais burocráticos do mundo e até mesmo nesse campo, a tecnologia tem sido capaz de promover com contribuições importantes. Veja a seguir como a tecnologia pode contribuir para a redução da burocracia no Brasil:

A tecnologia é responsável por promover diversas facilidades para o nosso dia a dia, inclusive tem contribuído bastante para que a burocracia de diversos processos seja reduzida. Veja a seguir algumas possibilidades que podem ser acessados de maneira facilitada:

Busca por emprego

Como o índice de desemprego no país tem estado muito alto, vamos começar falando em como a tecnologia tem facilitado a vida dos trabalhadores, principalmente em uma situação pós-pandêmica.

Recursos como o Empregador WEB 2022 tem possibilitado que, tanto os trabalhadores quanto os empregadores, possam encontrar mais facilmente profissionais e vagas que estejam de acordo com o perfil querido.

O Empregador Web reúne o perfil de diversos profissionais, classificando-os pela área de atuação e disponibilizando um tipo de currículo online que fica à disposição das empresas.

Além dessa plataforma, os trabalhadores também encontram possibilidades como está em sites e aplicativos como o Linkedin, por exemplo.

Solicitação de serviços

Uma outra opção ocasionada pela tecnologia é a solicitação de serviços trabalhistas. O agendamento INSS 2022, por exemplo, um dos procedimentos responsáveis por recursos voltados para a CLT, como aposentadoria e auxílio doença. Tem acesso simplificado através da plataforma digital.

Na plataforma, diversos serviços ficam disponíveis, mas a possibilidade geral é a de agendamento de atendimento para os serviços prestados pelo site MEU INSS 2022.

Com essa opção, os trabalhadores podem ser atendidos sem burocracia e sem demora e ainda evitam as aglomerações nas unidades do INSS.

Matrícula em instituições de ensino

A educação também teve melhorias ocasionadas pela tecnologia e esta opção se dá em várias etapas do processo educacional. Uma dessas etapas é a matrícula, que pode ser realizada pelos país e responsáveis sem que os mesmos precisem se locomover até as instituições de ensino.

A Matrícula Fácil é uma opção online que garante a vaga dos estudantes em escolas públicas e evita aglomerações nas instituições de ensino regular no início dos semestres.

Na verdade, a opção já se expandiu e atualmente, muitas instituições do ensino superior permitem que os estudantes realizem a pré-matrícula e agendem a data do vestibular presencial através dos sites oficiais das faculdades.